quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

A verdade sobre a Mentira


Eu sei que é véspera de Natal, mas não quero falar sobre isso.
Meu post de hoje é sobre a diferença entre mentir e enganar.


Eu acho que a mentira é um mal necessário. Quando alguém te pergunta se está tudo bem você responde que sim, mesmo que a sua vida esteja um inferno. Se você é vendedor e o cliente prova uma roupa que fica horrível, você vai dizer a ele que ficou ótimo, já que é seu trabalho.
Se você tá saindo com um cara, ou uma garota, mas percebe que não tem muito futuro, você não diz isso claramente, pra não magoar, mas inventa pequenas mentiras pra ir desfazendo aos poucos a relação.
São mentiras sociais.
Tem verdades que são duras demais para serem ditas, e o contrário não causa dano, apenas ameniza a dor.
Se o presidente dos Estados Unidos fizer um alerta para o mundo todo atentando para a situação do meio-ambiente, mas fizer isso falando só a verdade, o mundo vai se transformar num caos, as pessoas vão começar a armazenar água e viver será impossível.
Por isso os alertas são feitos com mentiras sutis, pra não assustar e não causar pânico.
Na vida é assim... infelizmente ninguém é preparado para encarar as coisas de frente.
Mas é importante ressaltar que mentir é uma coisa, enganar é outra.
A palavra 'enganar' vem carregada de sentido. Uma coisa ruim. Ninguém engana outra pessoa querendo o bem dela. Enganar é mau-caratismo, coisa de gente sem escrúpulo.
Geralmente, uma história feita pra enganar, é precipitada e sempre deixa rastro.
Quem foi enganado sempre descobre, e isso gera mágoa para toda a vida.
E digo mais, quem engana aos outros, sempre engana a si mesmo (isso é filosofia barata, mas é real...).
Não, caríssimos, eu não fui vítima de nenhuma mentira, tampouco de algum enganador, mas li uma história que me deixou revoltada. Era sobre um cara que enganava as pessoas por puro prazer e sempre saía de vítima da situação... aí é demais pra mim.

-----------------------------------------

Ahhhh!!! Hoje o meu Blog tá fazendo um aninho!!! Quero muito agradecer a todos que sempre
passam por aqui, aqueles que vêm (antes que o acento caia) só de vez em quando, aqueles que gostam, aqueles que odeiam... enfim, obrigada por ler as minhas bobagens.

----------------------------------------

Só mais um a parte:
Esse post é dedicado ao Vini, que fica me pentelhando pra eu escrever, me dizendo que eu abandono o meu blog...
Vini, o tema não tem nada a ver com você, viu?!

---------------------------------------

No mais, FELIZ NATAL pra todo mundo!
(E quem quiser ler um post sobre o Natal, procure o meu primeiro texto... meu post inaugural vale 'ipsis litteris' para os dias de hoje).

Beijooooooooooooo

3 comentários:

Marcos Roberto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Roberto disse...

As mentiras sociais amenizam muito uma situação,mas acho que as pessoas deveriam estar preparadas para ouvir a verdade nua e crua.Aquelas que se julgam preparadas,quando escutam uma,reclamam da sinceridade.Ou um ou outro

Beeeijo,Feliz Natal e parabéns pelo aniversário do blog

Ana Pinto disse...

Gostei imenso do texto da mentir/enganar!

Parabéns o blog está exelente,continue com o bom trabalho.

beijinhos